Eu POSSO mudar

Quais são os principais suplementos alimentares?

A suplementação alimentar pode ser usada com vários objetivos, desde na ajuda para ganho de massa muscular, como para suprir alguma carência nutricional do organismo.

Como já vimos em publicações anteriores, a suplementação alimentar está em alta, principalmente após a divulgação pela Anvisa, em meados de 2018, do novo marco regulatório, que garante mais transparência e segurança para os consumidores, mas também tem por objetivo aquecer o mercado com o incentivo ao crescimento do setor. Diante disso é importante conhecermos os principais suplementos alimentares e para que servem.

Você sabe quais são os principais suplementos alimentares comercializados?

Basicamente podemos dividir a suplementação alimentar em quatro grupos principais: carboidratos, proteínas, aminoácidos, e os substitutos de refeição. Vamos conhecer um pouco sobre cada grupo.

Carboidratos

São fontes de energia. Na nossa alimentação normal, no dia-a-dia, são muito importantes para o organismo, pois nos abastecem de energia para realizarmos nossas atividades rotineiras. É o que nos dá disposição. Sem isso, é como se fosse uma pilha perdendo a carga, nos sentimos fracos, sem ânimo, vem o estresse, a tontura e a dor de cabeça.

Na forma de suplemento alimentar são utilizados principalmente aliados aos treinos físicos, tanto no pré-treino para garantir melhor desempenho durante as atividades, como no pós-treino para reposição rápida de energia.

Mas cuidado, pois se consumido em excesso pode se acumular em forma de gordura, como provavelmente você já sabe. Por isso estão na moda várias dietas que têm como foco cortar os carboidratos. Mas cuidado também! Pode ser perigoso cortar todas as fontes de carboidrato, pois como vimos acima ele é fundamental para mantermos nossa energia diária.

Como em tudo na vida o equilíbrio é fundamental, tanto no dia-a-dia com o açúcar por exemplo, ou como suplemento para atividades físicas, o uso regular e em excesso pode propiciar o desenvolvimento de diabetes do tipo 2.

Principais fontes de carboidratos:

Fontes Naturais

Na forma de Suplemento

Proteínas

As proteínas são responsáveis pelo crescimento e reparação dos tecidos. Também atuam na produção de enzimas, neurotransmissores, anticorpos e hormônios. As proteínas mais completas são as de origem animal.

Cada proteína tem função específica em nosso corpo. Os principais tipos de proteínas são: anticorpos; insulina; hemoglobina; trombina e o fibrinogênio; albumina; proteínas estruturais; e globina.

Atletas costumam consumir alimentos ricos em proteínas para ganhar massa magra (músculos), mas também para ajudar na reparação desses músculos no pós-treino. Quem pratica treinos intensos e longos acaba criando microlesões musculares. A quantidade adequada de nutrientes auxilia na reparação constante das fibras musculares. Se isso não acontece por falta de nutrição correta, o atleta se expõe a lesões e perda de massa muscular.

Como sempre repetimos, tudo na vida requer equilíbrio. No caso do consumo excessivo de proteína de origem animal, principalmente de carne vermelha, existe o risco de sobrecarga no funcionamento do fígado e dos rins, de entupimento de artérias por acúmulo de gordura, causando aumento dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue. Também contribui para a perda de água, prejudicando o bom funcionamento do coração.

Como nunca cansamos de repetir, lembre-se sempre que o ideal é seguir uma dieta balanceada e, de preferência, buscar orientações de um nutricionista.

Principais fontes de proteínas:

Fontes Naturais

Na forma de Suplemento

Aminoácidos

São fundamentais no organismo, pois são eles que produzem as proteínas que vimos anteriormente. Se temos deficiência de aminoácidos no organismo, temos um organismo com funcionamento comprometido. Também estão relacionados ao humor, sono, concentração, depressão e até a agressividade.

Os aminoácidos são divididos em dois grupos: os não essenciais e os essenciais. Os não essenciais são os que o organismo consegue sintetizar, ou seja, produzir em si. Os essenciais, ao contrário, o nosso corpo não é capaz de produzir, mas eles são necessários para nós, e temos que buscá-los nos alimentos ou na suplementação. São 20 os aminoácidos necessários para o nosso organismo. Destes, conseguimos sintetizar apenas 11, ou seja, apenas 11 são os não essenciais.

Ficou curioso para saber quais são os 20 aminoácidos necessários para o bom funcionamento do nosso organismo? Segue relação abaixo, dividida nos dois grupos:

Não Essenciais

Ácido aspártico; ácido glutâmico; alanina; arginina, asparagina; cisteína; glicina; glutamina; prolina; taurina; e tirosina.

Essenciais

Fenilalanina; histidina; isoleucina; leucina; lisina; metionina; treonina; triptofano; e valina.

Os praticantes de exercícios para ganho de força, resistência e massa muscular, tem nos aminoácidos um auxílio na reparação e ganho de hipertrofia. O ideal é consumir aminoácidos por meio de alimentos proteicos, sejam de origem animal ou vegetal, mas no caso de treinos mais pesados, como nos realizados pela maioria dos praticantes de academias, a utilização de suplementação pode ser indispensável.

Principais fontes de aminoácidos essenciais:

Fontes Naturais

Na forma de Suplemento

Substitutos de Refeição

Não se engane pelo nome. Um suplemento será sempre um suplemento, e nunca tomará o lugar de uma refeição natural e balanceada. A indicação deve ser sempre para uso entre as refeições principais. O título deste grupo, “Substitutos de Refeição”, tem esse nome por englobar suplementos bastante completos em suas composições. Normalmente são ricos em carboidratos, gorduras, vitaminas, minerais e proteínas. Podem ser definidas como suplementos hiperproteicos.

São utilizados de várias formas, tanto por atletas em busca de melhor desempenho, por pessoas que desejam ganhar massa muscular, quanto quem busca emagrecimento. Como sempre falamos, busque sempre orientação de um médico ou especialista, pois para cada objetivo existe uma adequação.

Normalmente os suplementos deste grupo possuem composição muito similares, variando apenas quanto ao sabor e a concentração dos seus ingredientes. O ideal é sempre buscar os com menos gorduras e com mais proteínas e carboidratos.

Como sempre ressaltamos, tudo em desequilíbrio tem consequências. Por isso insistimos na busca por orientação. O uso indiscriminado de suplementos deste grupo pode gerar aumento de peso. Apesar de não ter confirmação por estudos ainda, também existe uma discussão sobre os males do consumo em excesso de proteínas, que poderia prejudicar o funcionamento dos rins. Então, e isso vale para todos os suplementos, muito cuidado!

Principais formas de apresentação dos substitutos de refeição:


Leia também:

Acreditamos ter conseguido apresentar nessa publicação os principais suplementos alimentares e seus grupos. Existe uma infinidade de marcas e lojas físicas e online no mercado. Como dissemos antes, a partir do novo marco regulatório a tendência é de crescimento do setor. Vão surgir novas marcas, novos produtos.

Fique atento!

Muito importante conhecer os principais suplementos alimentares. Busque sempre se informar bem antes de usar de suplementação. Procure orientação médica, de um nutricionista, para avaliar o seu caso.

Em uma nova publicação vamos apresentar as principais lojas do mercado, as que mais vendem, as mais confiáveis, as de melhor reputação. Aguarde!

Deixe abaixo o seu comentário. Você faz uso de algum suplemento alimentar? Qual? Com que objetivo? E está satisfeito? Vamos compartilhar informações. Isso é o mais legal da internet.


IMAGEM:
Destaque: por Ben_Kerckx de Pixabay

Sair da versão mobile