Logo EuPOSSOmudar
Sempre é tempo de mudar...

A importância da saúde intestinal

 A importância da saúde intestinal

O intestino humano cada vez mais é fonte de pesquisas e estudos devido a descoberta da sua importância para a saúde tanto física como mental. Nessa publicação vamos explorar esse assunto e entender porquê os médicos estão considerando tão importante a manutenção da saúde intestinal.

Há algumas décadas nosso sistema digestivo era considerado algo simples, sem interesse para estudos mais aprofundados, apenas um tubo longo por onde o alimento passava, sendo parte absorvida e outra excretada. Mas isso mudou! Hoje já se sabe da importância da saúde intestinal.



Nas últimas décadas é crescente o interesse pelo estudo do tubo longo devido a descoberta da sua enorme complexidade e importante influência sobre a saúde tanto física como mental das pessoas.

Ao longo dos últimos anos se descobriu que a saúde do intestino está intimamente ligada com nosso sistema imunológico, assim como com a saúde mental, doenças autoimunes, distúrbios endócrinos, doenças de pele, câncer, nosso humor e com o bem-estar geral.

Microbioma

O responsável por tudo isso é o nosso microbioma, que é o ambiente dentro do nosso intestino onde vivem milhares de bactérias. Essas bactérias podem ser boas e ruins. Como tudo na vida precisa de equilíbrio, é o equilíbrio entre essas bactérias que vai garantir uma condição saudável para o nosso organismo. Neste caso, o equilíbrio significa termos mais bactérias boas do que ruins em nosso intestino.

Bactérias

As bactérias ruins, que são conhecidas como patógenos, caso se multipliquem de forma descontrolada, superando o número de bactérias boas, nos colocam em condição suscetível a inúmeras doenças. Normalmente quando isso acontece precisamos de antibióticos.

As bactérias boas por sua vez, que são conhecidas como probióticos, são benéficas e muito importantes para a nossa saúde, pois trabalham para a manutenção de um sistema imunológico saudável, impedindo que as bactérias ruins se proliferem.



Por sistema imunológico saudável entenda por maior imunidade a doenças, assim como uma melhor digestão, humor, saúde mental, controle da obesidade, e como vimos antes, estado de bem-estar geral.

Probióticos e Prebióticos

Como vimos mais acima, os probióticos são as bactérias boas que vivem em nosso intestino. Eles são fundamentais para a manutenção da nossa saúde intestinal e por consequência do nosso bem-estar geral.

Os probióticos, necessários para nosso microbioma intestinal, são encontrados em alguns alimentos e também podem ser ingeridos por meio de suplementação.

Os prebióticos nada mais são do que o alimento dos probióticos. Assim como os probióticos também são encontrados em alimentos e suplementação.



Diante disso é muito importante o consumo de ambos, então devemos buscar os alimentos ricos em probióticos e prebióticos para que possamos manter nossa flora intestina saudável.

Alguns alimentos que são fontes de probióticos são: chucrute; kimchi; chá kombucha; kefir (lácteos e não lácteos); alguns tipos de picles (não pasteurizados); outros legumes em conserva (não pasteurizados); leite fermentado; iogurte.

Alguns alimentos que são fontes de prebióticos: cebola; aveia; alho; banana; aspargos, chicória; cevada; centeio; grão de bico.

Saiba mais:

A importância da saúde intestinal
Quando as bactérias ruins tomam conta podemos ficar doentes.

Quando as bactérias ruins ganham força

Como vimos logo acima, se existe um desequilíbrio em nosso intestino, as bactérias ruins podem se proliferar rapidamente e causar doenças. Como já vimos também, para que isso não ocorra é muito importante cuidarmos para que nosso intestino esteja sempre saudável.

De qualquer forma, é muito difícil durante a vida não enfrentarmos problemas com nosso intestino, propiciando o aumento das bactérias ruins sobre as boas. E como saber se estamos com problemas intestinais?



Continuando com a nossa conversa sobre a importância da saúde intestinal, fique atento! São vários os sinais que podem indicar que seu intestino não anda bem. Alguns deles são:

Distúrbios no estômago

gases, inchaço, constipação, diarreia, azia são indicações de má digestão, que podem ser sinais de um intestino com problema.

Alterações no peso

A perda ou o ganho de peso de forma não intencional pode ser indicativo de problemas intestinais. A perda de peso pode ser causada pelo crescimento excessivo de bactérias no intestino delgado (SIBO), enquanto o ganho de peso pode ser causado pela resistência à insulina ou pelo desejo de comer demais devido à diminuição da absorção de nutrientes.

Insônia e fadiga

Distúrbios do sono, como insônia ou sono ruim, e, portanto, fadiga crônica, podem ser indicativos de um intestino não saudável. A serotonina, que ajuda a regular o ciclo do sono, é produzida em grande parte no intestino, portanto, qualquer desiquilíbrio no intestino pode prejudicar sua capacidade de dormir bem.

Ansiedade e tristeza

A serotonina também afeta o nosso humor, comportamento social, apetite, memória, e também a libido. Como vimos acima a serotonina é produzida em grande parte no intestino. A falta dela pode afetar negativamente nosso humor e disposição, podendo inclusive desencadear sintomas depressivos.  

Condições autoimunes

Um intestino não saudável pode aumentar a inflamação sistêmica e alterar o bom funcionamento do sistema imunológico. Isso pode levar a doenças nas quais o corpo ataca a si mesmo, em vez de invasores prejudiciais.

Irritações na pele

Condições de pele como eczema e erupções cutâneas podem estar relacionadas a um intestino não saudável. Problemas intestinais e indigestão podem afetar a maneira como o corpo absorve os nutrientes de nossos alimentos. Isso significa que faltam vitaminas, minerais e antioxidantes que normalmente mantém a pele nutrida.

Intolerâncias alimentares

As intolerâncias alimentares são o resultado da dificuldade em digerir certos alimentos (diferente da alergia alimentar que é causada por uma reação do sistema imunológico a certos alimentos). As intolerâncias alimentares podem ser causadas pela má qualidade das bactérias no intestino. Isso pode causar dificuldade na digestão de certos alimentos ocasionando sintomas desconfortáveis, como gases, inchaço, dor abdominal, diarreia e náusea.

A importância da saúde intestinal
É importante a manutenção do equilíbrio no nosso microbioma intestinal.

Como preservar sua saúde intestinal

Diante do que vimos até aqui, fica evidente a importância de preservarmos nossa saúde intestinal. E como podemos fazer para manter o equilíbrio das bactérias do nosso intestino?

Cada pessoa tem variedades diferentes de bactérias no intestino, o que torna bastante particular a forma como cada organismo reage. Então o que pode dar muito certo para alguns, pode ser diferente para outros.



De qualquer forma, o objetivo é o mesmo, manter o equilíbrio no nosso intestino. Para isso seguem algumas dicas importantes que vão ajudar nesse cuidado:

  • Tente manter a alimentação incluindo fontes de probióticos e prebióticos.
  • Limite os alimentos com altas concentrações de gordura saturada e açúcar, como fast food, frituras, refrigerantes e doces.
  • Evite consumir álcool em excesso.
  • Diminua o índice de estresse mantendo exercícios regulares, meditação, encontros com familiares e amigos, passeios, etc.
  • Não fume.
  • Tente manter uma rotina saudável de sono.
  • Mastigar bem os alimentos e comer as refeições mais lentamente pode ajudar a promover a digestão e a absorção completas de nutrientes.
  • Mantenha-se hidratado, pois beber muita água tem efeito benéfico no revestimento mucoso do intestino e na manutenção do equilíbrio de boas bactérias.

Leia também:


Esperamos que nossa publicação sobre a importância da saúde intestinal tenha sido útil para você. Fique a vontade para fazer comentários logo abaixo. Em breve novas publicações como esta estarão disponíveis.


IMAGENS:
Destaque: Por silviarita de Pixabay
Imagem 1 (dor estomacal): Por derneuemann de Pixabay
Imagem 2 (bactérias): Por geralt de Pixabay



EuPOSSOmudar

O EuPOSSOmudar tem como propósito informar, esclarecer, elucidar, inspirar, debater, apresentar conteúdos atuais e confiáveis, relacionados a saúde, alimentação, bem-estar, exercícios, suplementação e comportamento, para que você possa refletir, analisar e decidir por promover mudanças em seus hábitos rotineiros em busca de uma melhor qualidade de vida, saúde, satisfação pessoal, para assim ser mais feliz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − sete =